joe

Joe Wicks, o Personal Milionário

O britânico Joe Wicks largou o emprego como professor de educação física para se tornar uma referência no meio do emagrecimento e exercício físico.

Hoje ele tem dois livro que figuram entre os mais vendidos no país.joe

Tudo começo, por incrível que pareça, nas redes sociais. Joe criou uma conta no Instagram e através do aplicativo organizava corridas em seu bairro, dava dicas sobre alimentação e exercícios físicos para seus seguidores.

Ele dizia que no início, haviam poucas pessoas o seguindo, mas não deu muita importância para isso, jamais passava por sua cabeça que ele pudesse ganhar dinheiro através do aplicativo.

Com o passar do tempo, cada vez mais pessoas passaram a seguir Joe, buscando suas dicas valiosas. Quando ele noto, já havia mais de 1 milhão de seguidores.

Encontre profissionais na sua cidade: personal trainer londrina.

Hoje em dia ele vende em seu site um programa alimentar de 90 dias que está sendo um sucesso. A proposta do curso é mudar o corpo e a maneira que a pessoa encara a nutrição para sempre.

refeição-joe

Refeição recomendada por Joe

Porém, a maior parte de sua receita vem de seus livros. Nos livros ele ensina a fazer receitas saudáveis e nutritivas em 15 minutos. Devido a todo esse sucesso, ele assinou um contrato milionário com uma editora e negociou um programa de culinária na tv.

O que Joe mais gosta no sucesso, segundo ele, é a gratidão das pessoas pelo seu trabalho, elas o param na rua para agradecer a melhora que ele possibilitou na vida delas.

No instagram, Joe dá várias dicas de receitas em 15 segundos. Um ponto interessante em seu método é que ele não elimina totalmente o consumo de doces.

Hoje, o rendimento mensal de Joe passa de 1 milhão de euros, ele é uma celebridade britânica. Joe diz que tem mais projetos por vir, ele faz o que gosta e o mais importante, ele consegue ajudar pessoas que precisam.

Exemplo de exercícios:

208125

A Luta na Ucrânia por Liberdade

Todo mundo está acompanhando a atual crise econômica e política no Brasil.

São muitas as informações de ambos os lados, porém, sempre informações de baixíssima qualidade. No geral, parecem apenas defender um lado pouco importando a lógica e racionalidade por trás de um discurso, quando se defende uma ideia.

A motivação é política apenas.

Vemos por outro lado as pessoas encima do muro, não querem afirmar que são a favor do governo mas também não querem que o impedimento seja realizado.

Fiquei perplexo quando vi uma artista famosa comentando sobre os protestos, sua frase dava a entender que ela só não defende o protesto porque no meio dele, existem pessoas que defendem algo que ela é contra (ditadura militar no caso), como se isso fosse motivo para deixar de lutar. É um absurdo.

Winter-On-Fire

Recomendo que vocês assistem o documentário “Winter on Fire“, produzido pelo Netflix. É um documentário sobre os 91 dias de protestos e confrontos que levaram a renúncia do presidente ucraniano.

A Ucrânia vivia em um regime comunista e tudo começou quando o presidente havia prometido incluir o país na zona do Euro, porém, quando chegou esse momento ele não cumpriu com a palavra.

Foi então que os protesto chamados “Euromaidan” começaram.

As cenas são chocantes e emocionantes. Quando se pensaria que alguém teria a capacidade de atacar enfermarias? Parece loucura.

Nele fica evidente que pouco importa suas crenças pessoais quando existem muitas pessoas com o mesmo objetivo: liberdade.

Qualquer semelhança com o Brasil não é mera coincidência, governo corrupto, economia estagnada, população cansada, tudo o que vemos por aqui, exceto o desejo de mudar que uniu uma nação.

Assista o trailer:

terapia

Terapia do Desenho

Os desenhos talvez tenha sido a segundo forma de linguagem criada pelo homem, ficando atrás apenas da linguagem corporal.

O homem primitivo usou dela para simbolizar animais, épocas do ano e tudo o mais que ele podia perceber e eternizar em uma caverna ou pedra.mão

Diversos estudos conduzidos a respeito do desenho e seus benefícios visaram analisar o impacto no desenvolvimento da inteligência, motricidade e desenvolvimento cognitivo.

Em estudo realizado na UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina) visou analisar o sentimento de crianças enfermas internadas em um hospital. De acordo com a pesquisa é entender, através da livre expressão das crianças, o sentimentos íntimos delas, relacionados a sua condição, a estarem em um ambiente novo e com regras, onde devem permanecer imóveis em seus quartos e a obedecer uma rotina, usando roupas da instituição e coisas do tipo.

Esse artigo pode ser visualizado aqui.

Provavelmente que gosta de filme já assistiu uma técnica similar, onde psicólogos pedem para a criança representar uma ideia, relacionada a família ou um assunto específico, através disso conseguem tirar algumas conclusões e argumentar com a criança.

Para adultos o desenho pode representar uma terapia contra o stress e para exercício do cérebro, estimulando a imaginação e criatividade.

Nunca é tarde demais para aprender a desenhar, se você gosta, quer aprender ou aperfeiçoar, pode seguir o tutorial: como aprender a desenhar bem. Com prática e dedicação, qualquer pessoa pode aprender a desenhar, assim como a fazer qualquer coisa.

Nos dias atuais onde os índices de stress, depressão e doenças da mente parecem subir rapidamente, estar tranquilo e relaxado é essencial. Outro ponto importante é que o cansaço não é apenas corporal, é mental também.

A maioria das pessoas desconhecem isso, e acreditam que o seu esgotamento mental se deve ao corpo, porém, não é por ai.

Se você tem interesse e precisa ocupar sua mente com algo produtivo, relaxar e estimula-la, pode recorrer a um curso de desenho. O melhor curso de desenho atualmente disponível é o Aprenda a Desenhar do Zero. É uma ótima escolha.

O desenho é uma opção das milhares disponíveis, você pode ler, jogar xadrez, fazer artesanatos, etc. O importante é manter a mente trabalhando e esquecer os problemas durante esse tempo.

 

 

death

Death: Você Precisa Conhecer

Aos amantes do hardcore e punk music, saibam que o estilo, ao contrário do que a maioria pensa, não começou com Sex Pistols ou Ramones.

Antes dessas banda fazerem sucesso, existiu uma banda chamada Death, que foi a percussora do que hoje é conhecido como punk.

Um fato curioso sobre a banda é que eles eram negros. Numa época onde existia muito preconceito no cenário musical e também sobre os gêneros musicais. Eles foram acusados de fazerem músicas de brancos.

O nome Death, segundo um dos fundadores da banda, possui um sentido esotérico e muito profundo, tanto é que ele se negou a fechar contrato com uma gravadora, pois esta, solicitou que a banda mudasse o nome.

Devido a tantas peculiaridades, a banda não embalou na época, porém, especialistas na área da música diziam que o som deles estava a frente do seu tempo. E isso se concretizou, nos anos 2000, a banda foi redescoberta graças a colecionadores de vinis, e com a internet foi fácil disseminar a música entre os jovens.

Em 2013 foi feito um documentário sobre a banda, contando sua trajetória e curiosidades.

A banda foi formada em Detroit pelos irmãos Bob, Dannis e David. Influenciados por The Who e Hendrix, a banda queria mais é fazer rock’n’roll e não estava nem aí para as críticas a respeito do som que estavam fazendo e do preconceito da época.

Recomendo que você assista ao documentário para saber mais da história da banda. Agora, ouça uma amostra do som do Death:

Em fevereiro de 2016 eles fizeram uma turnê pelo Brasil, até o momento não se sabe quando eles darão as caras novamente em território brasileiro.